Review: Corretivo Clinique All About Eyes cor Light Neutral

clinique1

Oie gente! Tô de volta com as resenhas, e com vários produtos novos que quero trazer em breve para o blog. O primeiro deles é o Corretivo All About Eyes da Clinique.

clinique2

Eu sou uma “mulher-panda”, não vivo sem corretivo. Aqui no Brasil você encontra por 109,00 no site da Sephora e nas lojas da clinique. O meu eu comprei pelo Ebay por cerca de $35 com o frete (não tenho mais o link do vendedor).

clinique3

A minha cor neste corretivo é a Light Neutral, uma cor clara levemente amarelada que equivale ao NC20 da MAC. A cobertura é de média a alta, muito parecida com a do Pro Longwear da MAC. A consistência é cremosa, e a finalização natural (não fica matte nem grudento). Vale mencionar que nas primeiras vezes que usei, ao apertar a bisnaga saia junto um líquido parecido com água, que não se misturava com o produto, como se fosse uma fase separada. Com muita paciência consegui drenar todo o líquido e restou apenas o produto cremoso na embalagem.

clinique4

Após umas 2h de uso ele começa a acumular nas linhas. A fixação deste corretivo é boa, segura umas 6h sem problemas. Gostei bastante deste corretivo para a área das olheiras, mas para cobertura de manchinhas vermelhas não gostei, senti que não cobriu muito bem.

clinique5

Não tem como não compara-lo ao Pro Longwear, que é meu corretivo preferido. A cobertura é bem parecida, porém este da clinique perde por acumular mais rápido nas linhas finas abaixo dos olhos, e não ter a mesma durabilidade. Estou usando muito o all about eyes no dia-a-dia, mas por se tratar de um corretivo relativamente caro, esperava um pouco mais.

clinique6

Eu tenho a pele da área dos olhos um pouco seca, sempre uso um hidratante antes de qualquer maquiagem, e este corretivo não marcou nem ressecou nenhuma área do meu rosto.

Nota: 8/10

 

Anúncios

Review: Primer para olhos quem disse, berenice?

primer1

O review de hoje é de um produto recentemente adquirido, o primer para olhos da quem disse, berenice?. Sempre usei o E.L.F eyelid primer porque além da função como primer, também adicionava uma corzinha que uniformizava o tom da minha pálpebra e evitava oleosidade na região nos dias quentes.

primer2

O aplicador dele é de espuminha e vem em um tubinho tipo gloss. A consistência do produto é bem fina e líquida, de tom branco mas que ao aplicar fica transparente. Leva alguns segundos para secar, e deve ser aplicado antes dos demais produtos de maquiagem para face (base, corretivo), pois ao espalhar na pálpebra ele meio que “meleca” a base e a tira do lugar, não sei explicar exatamente a sensação. Não gostei, pois sempre aplico o primer depois da base, o que não rola neste caso.

primer3

Pelo swatch é possível notar que ele intensifica bastante a cor da sombra, porém em questão de aumentar o tempo de fixação deixou a desejar. Com ou sem ele, na prática, é a mesma coisa em questão de duração. Comprei na loja da marca e paguei 25,90.

Nota: 6/10

Review: Maybelline Color Tattoo cor Bad to the Bronze

ct2

A Maybelline acertou em cheio ao trazer as sombras cremosas Color Tattoo para o Brasil. São fácilmente encontradas nos quiosques da marca que estão presentes em vários shopping’s do país, vendidas a um preço super bom: 24,90. A primeira cor que trouxe para a casa foi a 25 Bad to the Bronze. A cor é um marron acobreado que fica lindo nos olhos.

ct1

A qualidade da sombra também é fantástica: bem pigmentada, fácil de esfumar e dura muito na pálpebra. Com um primer resiste até ao calor de 40° sem acumular nas dobrinhas. A gama de cores disponíveis para as brasileiras não é tão completa como a vendida nos EUA, mas tem uma variedade bacana. Neste link do blog Coisas de Diva tem swatch das cores disponíveis no Brasil.

ct4

Aplicando com o dedo a cor fica mais intensa e com um pincel fica mais suave.

ct5

Gostei muito desta sombra e com certeza comprarei mais cores.

Penso que poderia ter uma gama maior, principalmente de cores matte, mas para um começo está ótimo. E que a maybelline continue trazendo novas linhas para o Brasil.

Nota: 8/10

Review: Ruby Kisses All Over Glow Bronzing Powder cor Flushed Glow

ruby1

Quem trabalha próximo a lojas de cosméticos sabe como é sair para almoçar e não resistir dar uma passadinha básica para ver as novidades. Foi assim que conheci a marca Ruby Kisses, com um display que chamou minha atenção. Um dos produtos que trouxe para casa foi o All Over Glow Bronzing Powder na cor Flushed Glow. A embalagem é bem bonita e lembra os MSF da MAC.

ruby2

A cor flushed glow é um champagne com fundo pêssego e brilhos dourados. A textura é fina e espalha facilmente. Embora esteja expresso na embalagem que se trata de um bronzer, para mim, é mais um blush iluminador. Porque como iluminador, ele adiciona muita cor (no meu tom de pele) e como bronzer essa cor não rola. Mas de qualquer forma, é lindo e tenho usado muito! Ele é bem pigmentado e os brilhos dourados não são grosseiros.

A fixação na pele é excelente. Na foto abaixo mostro o produto quase intacto na minha pele após 12H de uso.

DSCN7400

Paguei 22,90 e comprei na loja Paulistinha aqui em Piracicaba/SP.

Nota: 9/10

Review: MAC Studio Fix Fluid NC20

sff2

O primeiro review de 2013 vai ser de um produto conhecido há anos, a MAC Studio Fix Fluid.

Alguns dias atrás aproveitei uma promoção da Sephora e inclui esta base no carrinho após pesquisar bastante. Já tive uma na cor NC30, que é mais escura que a minha pele, apenas experimentei e já passei para frente. Desta vez comprei na cor que na teoria é a certa, NC20, mas na prática ainda não é a ideal. A embalagem contém 30ml, é de vidro e sem pump. Não é muito prática.

A Studio Fix Fluid é uma base líquida que proporciona cobertura média-alta e finalização matte. O cheiro é bem forte e nada agradável, lembra tinta mesmo. Felizmente após alguns minutos ele desaparece.

Na pele a aparência é um meio termo entre natural e artificial, talvez devido a finalização muito seca que ela proporciona, dispensando até o pó. Aliás, não recomendo esta base para mulheres com pele seca, poros largos ou rugas acentuadas, pois ela tende a acumular nessas áreas e evidenciar partes ressecadas.

sff3

Embora sempre esteja lendo comentários que esta base tem cobertura total, na minha humilde opinião, não tem não. A Amazonian Clay da Tarte é um exemplo de base com cobertura maior. Claro, depende muito da forma como você aplica: dedos, tipo de pincel, quantidade de camadas… Pra mim a melhor forma de conseguir uma boa cobertura com aparência natural é usando um pincel tipo kabuki reto (F80 Sigma, kabuki CS). Para não assustar ninguém clique aqui e veja uma foto com um lado aplicado e o outro não. Da pra perceber que não dispensa o uso do corretivo nas olheiras.

A cor pra mim ainda é um dilema, pois é bem amarelada e acaba passando a sensação de ser mais escura que o tom da minha pele. Dá pra usar tranquilamente agora no verão, mas tenho que esfumar bem no pescoço e torcer para não transpirar muito, pois a medida que transpiro (por exemplo, na região do buço) se passar o dedo e remover a base junto com o suor, a área fica marcada, dá pra notar a diferença de cor. Sendo assim, é melhor usar a noite ou com um bom primer. Fiz uma comparação entre o corretivo pro longwear na cor NC20, que é bem próxima ao meu tom de pele, e a Studio fix fluid também no NC20. Talvez eu tente NC15 numa próxima oportunidade.

sff4MAC Pro Longwear NC20 x MAC Studio Fix Fluid NC20

Não morri de amores por esta base, mas achei ela bem bacana pra ocasiões onde quero um acabamento matte. Vale mencionar que ela tem FPS 15, transfere bem pouco e tem duração mediana.

sff5Pele limpa

sff6Aplicando

sff7Finalização

Comprei por 119,00 no site da Sephora.

Nota: 7/10

As melhores descobertas de 2013

favs

No ano de 2013 experimentei poucos produtos novos, pois fiquei bem fiel aos que já utilizava. Elegi alguns produtos de beleza para falar como os melhores de 2013, escolhidos apenas entre os produtos que comprei neste ano. Vou começar pelos produtos para cabelos, ainda não fiz review de nenhum deles, mas se alguém quiser posso fazer. Acho um pouco complicado falar sobre produtos para cabelo, porque a diferença de efeito entre um cabelo e outro é muito grande. Já falei por exemplo da Moroccanoil aqui no blog, que pra mim foi um dinheiro perdido, e também do 3 minutes da Aussie que não vi muita graça. Mas vamos lá…

– Condicionador Acquaflora Elixir (cabelos secos ou danificados): Já estou usando a um bom tempo, as vezes intercalo com alguma mascara de hidratação ou outro condicionador, mas ele continua sendo meu condicionador preferido. Dá uma boa hidratada no cabelo sem deixar os fios pesados, fornece brilho na medida e custa cerca de 22,00.

– Spray para pentear SEDA Liso perfeito e sedoso: Comprei por acaso na Lojas Americanas e adorei. Como tenho cabelos longos, sempre aplico um creme/spray para facilitar o penteado e não deixar o fio enroscar ou arrebentar no pente. Além de deixar mais fácil para pentear, ele controla o frizz e deixa o cabelo macio. Aplico a partir da altura do ombro até o final, a textura é leve e não pesa nos fios. Paguei cerca de 8,00.

– Mascara Acquaflora Nutrição celular: Também é outro produto que sempre acabo voltando a comprar. Gosto muito desta mascara (e vocês devem ter percebido que gosto muito da acquaflora também), ela proporciona uma hidratação intensa e tem uma textura bem cerosa, não é molenga. Geralmente intercalo ela com o condicionador elixir. O cabelo fica bem hidratado, sem frizz e com muito brilho. Só não pode exagerar na quantidade de produto a ser aplicado, pois ela tende a pesar um pouco nos fios. Custa uns 22,00.

Estes três produtos foram os que mais usei no cabelo em 2013. Na teoria o meu cabelo é fácil de cuidar, mas como gosto de mante-lo longo, tenho atenção redobrada com as pontas.

Para pele, apenas um produtinho novo na rotina. É o Demaquilante bifásico da L’Oreal. Pra quem procura uma opção boa e barata, vale a pena testar, custa cerca de 25,00 e rende bastante. Estou usando ele a uns 6 meses e remove grande parte da Colossal, que é um parto tirar. Não remove tudo da mascara, mas o restante sai facilmente no banho. Não deixa a pele grudando, mas eu não aguento passar ele sem lavar o rosto depois.

Também coloquei um perfume na lista de descobertas. Se trata do Parfaire Pétalle. Vi um stand no shopping aqui de Pira e a vendedora me convidou a conhecer os produtos. Logo de cara me apaixonei pela fragrância Pétalle, que me lembrou um pouco o Mel e Limão que a L’Occitane fez o favor de tirar de linha e o meu tá no restinho. A família olfativa é oriental, com baunilha, flor da laranjeira, musk, ambar e mais um bouquet de flores que no final fica uma essência maravilhosa. Recomendo ele pra quem gosta do L de lolitta ou o Mel e limão da L’Occitane. Ele é toilette, e não parfum, sendo assim a fixação não é tão longa, mas dura metade de um dia facilmente. Eu paguei 100,00 na loja, mas também vende pelo site por 104,90 (por 100ml) com frete grátis.

Agora, os itens de maquiagem:

– Primer HD Make Up For Ever: Deixa a pele hidratada e lisinha, quando faço a make a noite só uso ele para preparar a pele.

– Base Amazonian Clay da Tarte: Cobertura excelente com finalização super natural.

– Mascara L’Oreal Volume Million Lashes: Volume na medida, fácil de remover. To devendo a resenha que vem em breve.

– Corretivo Natura UNA: Ótima cobertura, com boa durabilidade e preço bacaninha.

– Batom líquido Lime Crime cor Red Velvet: O vermelho perfeito, matte e de longa duração.

– Pó MAC Blot: O salvador da maquiagem no verão. Oleosidade zero!

– L’Occitane Duo Creme Pivoine Flora na cor Arabesque Abricot: Um produtinho bem coringa, os tons são muito bonitos e pelo preço que paguei não acharia igual.

Estas foram as melhores descobertas de 2013. Agora darei um pequena pausa no blog, volto na semana que vem com mais reviews.

Esfumado neutro + batom vermelho: Sugestão 2 Ano Novo

ma1

Sem dúvidas a make de hoje é bem mais minha cara do que a última postada. É uma maquiagem um pouco mais elaborada do que a outra, usando sombras nos tons de marrom e preto. Testei um produtinho novo de uma marca que conheci recentemente e ainda não tinha nada, o Primer para Olhos da quem disse, berenice? que comprei ontem, na loja do shopping Dom Pedro, em Campinas (adorei o atendimento que recebi na loja). Também comprei outros produtinhos que farei resenha em breve.

ma2

Comecei preparando a pele com o Primer HD da MUFE. A base escolhida foi a Amazonian Clay da Tarte. O corretivo foi o Pro Longwear da MAC. Blush continuei no Shimmer Pink Pool da Lancôme (não sou muito de variar no blush, vocês já devem ter percebido). Fiz o contorno do rosto com o Duo da L’Oreal e finalizei com o Blot da MAC.

ma3

Nos olhos, apliquei o primer da quem disse, berenice? e a sombra Positive da Lancôme em toda pálpebra. No canto externo começei com uma sombra marrom escura da Lancôme (perdi o nome porque depotei para colocar na paleta e não me lembro mais qual era). Com essa sombra fui marcando o concavo, e depois esfumei com uma marrom clara, da Paleta de Cores neutras do Ebay. Na pálpebra móvel apliquei uma Pure Shine da VULT.

ma4

Em seguida, no canto externo apliquei a sombra preta do Trio Midnight Luster da AVON e fui esfumando até fundir com o marrom. A mesma sombra preta usei como delineador (com o pincel molhado). Para iluminar abaixo da sobrancelha, usei a sombra branca do quarteto Glamour também da AVON. Na linha d’agua usei o Lápis Feline da MAC. As duas fotos abaixo

Nos cílios apliquei minha queridinha, a Lash Stiletto da Maybelline. Nos lábios, fui de Red Velvet da Lime Crime. Embora essa maquiagem tenha um pouco de olhos tudo + boca tudo, é uma simples questão de escolha, como eu adoro um batom vermelho, optei por deixar as cores dos olhos menos intensas para o contraste não ser tão grande.