Validade dos produtos

Senta que hoje o post é longo…

Estou com o freio de mão puxado em relação a novas compras de maquiagem e pretendo acabar com alguns produtos que tenho aqui.

Não sigo o politicamente correto de comprar só o que vou usar (no meu caso não busco variedade de cores, mas sim de acabamentos) ou comprar por comprar, mas sim porque maquiagem também tem validade. Conheço inúmeros riscos que um produto vencido há tempos pode trazer, principalmente se tratando daqueles que são mais absorvidos pela pele, como as bases líquidas e cremosas, ou os que entram em contato direto com o globo ocular.

Pra mim, o bom senso é a resposta. Atente-se a:

• Mudança de textura, cor e cheiro

• Fechamento correto do produto.

Um produto que consigo usar até o fim são as mascaras para cílios. Estou no terceiro tubo da Colossal. Em contrapartida, tenho duas mascara da lancôme (hypnôse e a virtuôse) que estão abertas há dois anos e não tenho coragem de jogá-las no lixo (sinto como se tivesse jogando 100,00 no lixo). O recomendável é 3 meses, o que é pouco tempo. Acho que nesse caso o materialismo fala mais alto que a saúde pra mim, embora não tenha tido problema algum até hoje usando estas mascaras “vencidas”.

Utilizando o bom senso, considero que neste caso enquanto o produto estiver na forma líquida e consistente, é usável, mas devemos evitar ao máximo o contato com os olhos ou a pele (é difícil seus cílios caírem somente por causa do produto). Eu também gosto de guardar tubos de mascaras usadas pelo aplicador, já que na maioria das vezes o efeito é obtido através do aplicador, e não do líquido, assim posso usar o líquido de outra mascara neste aplicador.

Se tratando dos produtos em pó, sou mais maleável, porque a absorção pela pele é bem menor. O que pode acontecer é um produto vencido acumular resíduos, fungos e bactérias, que com o uso pode obstruir os poros resultando em inflamações, desde a mais leve como espinhas até alergias.

Me atento mais a delineadores e sombras por estar perto dos olhos, uma região muito vulnerável a alergias e contaminações. Batons sou mais relaxada, tendo a duração de dois anos é fácil acabar com um. Minha mãe tinha um batom de 15 anos atrás que estava em perfeita condição (externamente falando né, porque as bactérias que podiam estar presentes no produto já estavam na sua 15º geração rs)

Mas, como todo bom hobbie, sempre há novidades que nos despertam interesse e acabamos comprando.

Pra finalizar, uma coisa que não compreendo é a ignorância do ser humano. Já me perguntaram por que eu tinha tantos batons se só tenho uma boca. Bom, eu podia dar uma resposta mais ignorante do que a pergunta, mas fiquei apenas no “pela variedade de cores”. Felizmente meus pais me ensinaram a ser educada e não me meter à toa na vida dos outros.

E fica aqui o conselho pra outras meninas que passam por situações semelhantes: Ignorem. A menos que esta pessoa esteja pagando pelos seus gastos, você não precisa dar satisfações a ela, e não vale à pena perder o bem mais precioso do homem (o tempo) argumentando com um ser deste nível.

Informativo: Há um projeto que vejo circulando em blogs de diversos países chamado Hit the Pan. O objetivo é usar o produto até o fim, para ai sim você comprar outro. Meus produtinhos entrando no “Hit The Pan”:

Mascaras Max Factor e L’oreal (já acabaram, guardo pelos aplicadores que adoro), Missha BB Cream (tem um dedo no máximo de produto), Stila Sun Highlighter e Clinique Clarifying Cream. Corretivo MUFE HD e lápis Zero Urban Decay.

Anúncios

Um comentário sobre “Validade dos produtos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s